Geral

GreenYellow se torna comercializadora varejista


Especializada em eficiência energética e na implantação e operação de projetos de energia solar fotovoltaica, a GreenYellow foi autorizada em agosto pela CCEE para atuar como comercializadora varejista de energia, juntando-se a um grupo formado por 34 empresas habilitadas, de um universo de 428 comercializadoras, que representam o interesse de consumidores que entram no mercado livre de energia. Atualmente 767 unidades consumidoras são representadas por comercializadores varejistas, um total de consumo de 117 MW médios.

A GreenYellow já atuava como comercializadora desde setembro de 2019 e, com a permissão para também ser varejista, passa não apenas a entregar energia, mas também a fazer a gestão dos contratos e a assumir as responsabilidades financeiras dos clientes junto à CCEE. A ideia da empresa de origem francesa é atuar em toda cadeia da energia, desde o fornecimento, em projetos de geração distribuída solar, passando pela eficiência energética, até chegar à comercialização e gestão.

A atuação como varejista vai permitir que a empresa possibilite a entrada no ACL de principalmente indústrias e comércios de médio e pequeno portes, uma vez que esse perfil de consumidor não conta com equipe especializada para realização da migração e gestão posterior dos contratos na câmara.

Empresa do grupo francês Casino e com operação global, a GreenYellow tem mais de 3 mil projetos implementados em todo o mundo, sendo mais de 1400 deles no Brasil, onde opera desde 2013. Com os projetos de eficiência energética, a empresa diz ter economizado até dezembro de 2020, no país, um total de 910 GWh. Em solar, tem mais de 40 usinas em construção ou operação, somando 120 MWp de potência instalada, sendo a responsável pelos investimentos.


Fonte: Revista Eletricidade Moderna